A origem de todos os males humanos é a falta de afetos

Margarida Silva


Acreditamos que o grande problema da humanidade reside na falta de amor. Só o amor consegue fazer ultrapassar os momentos mais difíceis e trazer mais Esperança no futuro.

Junte-se a nós e faça parte da nossa Equipa de Voluntariado, nacional

4 a 6 Horas por mês

Horário flexível – de acordo com a sua disponibilidade horária

Voluntariado na sua zona de conforto - doente da sua zona de residência ou do local de trabalho.


A nossa principal motivação é levar amor, carinho e Esperança, que é o suporte essencial para ajudar estes doentes e os seus familiares a conviver com o momento delicado das suas vidas e ajudar a diminuir a sua angústia e ao mesmo tempo, reacender a chama da esperança que por vezes persiste em não brilhar.

Ser voluntário na SOSEsperança representa o verdadeiro significado da palavra. É alguém que se entrega com toda a sua generosidade a ajudar incondicionalmente os nossos doentes, de forma isenta e responsável, comprometendo-se a auxiliar e a contribuir para a melhoria da qualidade de vida de outrem. Porque nós acreditamos, que fazer voluntariado na associação SOSEsperança vai indiscutivelmente mudar para melhor o mundo de alguém.

Como se tornar voluntário na SOSEsperança:


  • Ter mais de 18 anos;
  • Dispor do equilíbrio emocional necessário;
  • Conhecedor e concordante com os princípios que regem a SOSEsperança;
  • Comparecer a entrevistas de avaliação da disponibilidade e motivações;
  • Realizar a formação exigida pela SOSEsperança (no caso de a candidatura ser aceite);
  • Cumprir com os regulamentos e princípios gerais do voluntariado da SOSEsperança.

Os nossos voluntários

  • CUIDAMOS COM AMOR. Com a nossa ajuda, permitimos ao doente e sua família:, a Aceitar, a Compreender e a criar Esperança na luta pela Cura - Fé
    Margarida Silva
  • Através do toque consigo expressar o que o meu coração sente. O voluntariado que faço na SOSEsperança permite-me transmitir amor e paz aos nosso doentes.
    Verónica Adão
  • Ao dar atenção, em forma de Amor, aos nossos doentes, o meu coração cresce e a minha alma rejuvenesce. Levo carinho, deixo amor, trago paz.
    Maria José Fernandes
  • Ser voluntário da SOSEsperança, é partilhar um pouco do meu tempo livre com os nossos doentes e suas famílias, que necessitam de Amor, Atenção e Apoio para superar uma fase menos positiva da sua vida.
    Ana Teresa